Google+ Badge

terça-feira, 30 de abril de 2013

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Brasil - Procon divulga mais 71 sites de compras "não recomendados".

EUA vendem US$ 10 bilhões em equipamento militar a Israel

V-22 Osprey
Chuck Hagel, secretário de Defesa dos EUA, anunciou no domingo durante visita a Israel a venda de equipamento militar em valor estimado em US$ 10 bilhões (R$ 20 bilhões).

Os armamentos, que incluem helicópteros de transporte e de reabastecimento, têm como intuito "garantir a superioridade aérea" do país, no que foi entendido como uma mensagem clara ao Irã.


O pacote inclui as aeronaves V-22 Osprey, até então não exportadas para fora dos EUA. Capazes de decolar e pousar verticalmente, são um equipamento considerado avançado na área, e devem garantir que Israel esteja na vanguarda aérea na região.

O número de aeronaves não foi divulgado oficialmente.

"Os EUA e Israel estão lidando com os desafios dessa nossa dura vizinhança, em primeiro lugar e principalmente o Irã", afirmou Moshe Yaalon, ministro da Defesa de Israel, durante o evento.

Questionado sobre um possível ataque israelense ao Irã, Hagel afirmou crer que esse cálculo deve ser feito por Israel --"toda nação soberana tem o direito de defender-se".

A administração americana demonstrou no entanto, em outras ocasiões, receio de que uma ofensiva israelense acenda uma guerra regional, tragando outros países ao confronto.

De maioria xiita, o Irã tem como aliados o regime de Bashar Assad, na Síria, e o grupo radical Hizbollah, no Líbano.

Analistas têm apontado que, com a proximidade das eleições presidenciais iranianas, em junho, Israel está desacelerando a retórica contra Teerã, dando tempo aos esforços de negociação --por enquanto, sem resultado.

O Irã insiste em seu direito de enriquecer urânio, afirmando fazê-lo para uso doméstico de energia. A comunidade internacional, no entanto, teme que o objetivo do país persa seja o bélico. Acredita-se que, hoje, Israel seja o único país no Oriente Médio a possuir um arsenal nuclear.

VOLTA

Hagel iniciou anteontem um giro de uma semana pela região, com foco na ameaça iraniana e na guerra civil síria. Durante a viagem, irá tratar da venda de armamentos não apenas a Israel, mas também à Arábia Saudita e aos Emirados Árabes Unidos.


Após Israel, o secretário de Defesa americano irá a Amã. De lá, seguirá para Arábia Saudita, Egito e Emirados Árabes --onde deve finalizar a venda de caças F-16, em acordo que inclui o treinamento de pilotos emirados.

Enquanto Hagel realiza seu giro pelo Oriente Médio, John Kerry anunciou no domingo, em Istambul, que irá dobrar o auxílio repassado à insurgência síria na aquisição de "suprimentos não letais". Com isso, serão US$ 123 milhões (R$ 247 milhões) adicionais.

Não está claro de que equipamentos se trata, mas a administração americana já havia sinalizado ter a intenção de auxiliar com vestes de proteção e visores noturnos.



Fonte: Agencia Folhas



Exército Brasileiro terá 600 militares contra terrorismo na Copa das Confederações

Estádio do Maracanã - Rio de Janeiro

Jordânia abre seu espaço aéreo para os drones de Israel voar sobre a Síria



Veículo aéreo não tripulado Foto: Reuters

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Embraer cancela negociações com italiana Agusta Westland



A Embraer informou que encerrou as negociações com a Agusta Westland "sem que tenha sido alcançado acordo para estabelecimento de uma joint-venture no Brasil".

Em janeiro, a fabricante de jatos brasileira tinha anunciado um memorando de entendimentos com a italiana para produzir helicópteros no Brasil.


Um mês depois do anúncio da potencial associação, a Finmeccanica, controladora da Agusta, foi acusada pela justiça da Itália em um processo de corrupção que envolveria uma venda de 560 milhões de euros para a Índia.

O presidente da companhia, Giuseppe Orsi, foi preso, e Bruno Spagnolini, chefe da subsidiária de helicópteros, está em prisão domiciliar.

No comunicado divulgado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Embraer não elencou as razões pelas quais o acordo com a Agusta não foi firmado; firmou apenas que a decisão foi tomada em conjunto por ambas as empresas.


Fonte: Valor

Thatcher e os argentinos...kkk













Verdad...jajaja

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Dentro do Avião - Homem no saco: Eu estava seguindo ordens do rabino

Judeu ortodoxo dentro de um saco plástico em um voo

Passageiros fotografaram um homem envolto em grande saco plástico durante o voo.  Seu rabino critica reação do público à foto, diz que as pessoas devem "tratar o judaísmo com um mínimo de respeito"

O homem ultra-ortodoxo, que foi fotografado envolto em um grande saco plástico  disse no domingo que estava "apenas seguindo ordens do meu rabino".

A imagem chamou a atenção da mídia internacional, inicialmente se  pensou que ele estava se distanciando das mulheres, de acordo com regras rígidas de segregação em público.

Porém, foi explicado mais tarde tratar-se de Kohen, um descendente de sacerdotes judeus que presidiram o Templo, e como a aeronave voou sobre um cemitério, ele cobriu-se em um saco plástico para que ele pudesse permanecer puro. Sob a lei judaica, Cohanim são proibidos de ir próximos a cemitérios.

O Kohen, anteriormente um judeu secular que abraçou o judaísmo ortodoxo e pediu para permanecer anônimo, disse que de seu longo serviço na Defesa de Israel, onde ocupou cargos sensíveis. Em 1983, como uma demonstração de apreço, o comandante da Força Aérea lhe deu a "oportunidade de estudar em uma yeshivá em detrimento da Força Aérea, que paga o meu salário para os dois anos e meio que eu estudei na yeshiva."

Depois de seus estudos, ele voltou para o exército por mais 10 anos - "um movimento sem precedentes na Força Aérea", diz ele.

domingo, 7 de abril de 2013

Brasil - Cachorro mata a sua dona no interior de SP



Bárbara foi encontrada morta por volta das 19h.

O pitbull dormia na cama do casal e tinha cerca de 10 anos.
Crédito: reprodução/Facebook

Nenhum país deve perturbar paz mundial, diz presidente da China

Israel deseja a Paz? Os palestinos desejam a Paz? Kerry pede a Turquia e Israel que acelerem retomada de relações

TONIGHT BEGINS HOLOCAUST REMEMBRANCE DAY ON THE JEWISH CALENDAR



TONIGHT BEGINS HOLOCAUST REMEMBRANCE DAY ON THE JEWISH CALENDAR - WE WILL NEVER FORGET OR LET THIS HAPPEN AGAIN!